Agora e sempre, «Monogamia» (II)

monopstg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para a capa de Monogamia, Francisco Romão idealizou uma ilustração digna do livro de Adam Phillips: bela e kitsch, colada ao objecto e ao mesmo tempo destacada dele pelo jogo de uma saborosa ironia. Pétalas de rosa em fundo, à maneira do sonho de American Beauty, um cadeado com um rútilo coração ao centro (caso o deseje, pode enviar a imagem como e.postal à/ao dona/o do seu coração: aqui). Paixão & ironia, idílio e desilusão: Phillips trata da questão no fragmento 110, sobre a «desilusão» como chave para uma longa paixão:

Aquelas coisas próprias das pessoas por quem nos apaixonamos acabam por ser as mesmas que depois nos desatinam. Ou não conseguimos aguentar a intensidade do amor, ou nunca gostámos mesmo dessas coisas, meramente requeridas por alguma alquimia psíquica para tornar possível outra coisa. Esta outra coisa é que realmente nos fascina e nos mantém juntos.

É isto que faz com que os relacionamentos durem: a desilusão é a chave para um idílio de longa duração.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: