É impossível descolonizar uma alma?

No seu blogue, Isabela comentou a frase (a «assinatura») que a Angelus Novus concebeu para a campanha dos Cadernos de Memórias Coloniais. Começa assim:

Já houve quem me escrevesse perguntando se gosto da frase final que remata a apresentação do livro: «É possível descolonizar um país, mas é impossível descolonizar uma alma».

Confesso que comecei por estranhá-la, por constituir uma visão de fora, mas com os dias, conforme a vou relendo, teho vindo a percebê-la. Aquela frase reflecte-me?

O post chama-se «Colonizada» e é de leitura obrigatória.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: