Inquérito sobre a Coca-Cola: Rui Manuel Amaral

Rui Amaral

Rui Manuel Amaral é ficcionista, músico (é baterista da banda The Jills) e publicitário. Foi um dos directores da revista de poesia aguasfurtadas. Na Angelus Novus publicou, na colecção Microcosmos, o livro Caravana, a sua estreia e uma das revelações maiores da cena literária portuguesa (a campanha promocional do livro conquistou o Prémio de melhor campanha de Promoção de Autor Português nos prémios de edição LER/Booktailors).

É um dos autores do blogue Dias Felizes.

P. Gosta de Coca-Cola? Numa escala de 0 a 5, em que 5 significa Muitíssimo, 4 Muito, 3 Assim-assim, 2 Gosto pouco, 1 Não gosto, e 0 Detesto, que classificação dá à Coca-Cola?

R. 3,14. Vá lá, 3,15.

P. A sua opinião sobre a Coca-Cola mantém-se, desde a primeira vez que a provou, ou alterou-se?

R. Continuo a gostar do formato da garrafa.

P. Qual destas duas frases prefere? E porquê? (i) «A água suja do imperialismo»; (ii) «Os filhos de Marx e da Coca-Cola».

R. Prefiro fazer uma revelação que, estou certo, interessará a maioria dos leitores. Por um daqueles singulares e inexplicáveis acasos com que o destino se compraz a surpreender-nos, veio parar-me às mãos a fórmula secreta da Coca-Cola. Pois bem, vou divulgá-la aqui e agora.

Receita para a confecção de 1 litro de Coca-Cola

300 g de espinafres
2 ovos
2 fatias de fiambre
4 colheres de sopa de queijo ralado
Sal e pimenta qb

Cozinhar os espinafres em água a ferver temperada com sal, um dente de alho e um fio de azeite durante cerca de 4 minutos ou menos (usar um cronómetro). Escorrê-los bem e forrar um recipiente com eles. Espalhar por cima a fatia de fiambre partida em pedaços e depois o queijo ralado. No topo, colocar o ovo e por fim temperar com um pouco de sal e pimenta. Levar ao forno a 200º durante cerca de 15 minutos ou até a clara coagular. É tudo. Servir bem fresco.

P. Como reescreveria hoje a última frase: «Os filhos de Marx e da Coca-Cola»?

R. Os filhos da TV e da Coca-Cola Zero.

P. Comente brevemente o poema de Décio Pignatari sobre a Coca-Cola.

R. Quando escreveu o poema, Pignatari tinha acabado de beber um trago do melhor vinho do Douro*.

* Uma voz maliciosa que vive dentro da minha cabeça está a gritar que Pignatari tinha bebido água do Luso e não vinho do Douro. Ignorem-na, por favor.

fórmula coca-cola

[Foto da fórmula secreta da Coca-Cola]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: